Voos Programados Solidários

Aeroclube de Bragança (ACB) está a angariar fundos para Cursos de Socorrismo para os Bombeiros de Bragança

“Basta Voar para Ajudar”, este é o slogan da campanha de solidariedade com que o Aeroclube de Bragança (ACB) regressa à atividade, após quase um ano de paragem forçada devido à Pandemia da doença COVID-19.
Os Voos Solidários destinam-se, desta vez, a angariar verbas para custear seis cursos de socorrismo para os Bombeiros Voluntários de Bragança. “Pelo valor mínimo de 30€ qualquer pessoa pode fazer um Batismo de Voo e, em simultâneo, contribuir para esta causa. Quem quiser pode dar um valor superior, o destino é o mesmo”, explica o presidente da direção do ACB, Nuno Fernandes. “Quem não quiser voar pode também participar na iniciativa oferecendo o mesmo valor para que outra pessoa possa voar”, acrescenta.
Os voos regressam em força já no dia 30 de maio. Desta feita acontecem sempre ao domingo, no período compreendido entre as 8h30 e as 11h00 e as 16h30 e as 20h00. Os voos têm de ser marcados antecipadamente, por uma questão de organização e rigor.
Mas este ano há novidades. Para além dos voos solidários o ACB cria um novo “produto”, com o mesmo fim. “São os voos programados”, refere o presidente.
Os Batismos de Voo têm uma duração estimada de 15 minutos e um percurso definido. Os Voos Programados podem ser traçados a pedido, com uma maior duração. “As pessoas podem querer fazer um voo até o Douro, sobrevoar o Azibo, ou sobrevoar Salamanca”, exemplifica. Tudo isto é possível, o custo será calculado de acordo com a rota escolhida e a duração do voo, mas sempre a custos controlados.

ACB solidária com Turismo Local

Esta ideia de criar Voos Programados nasce com o intuído de apoiar também o Turismo Local, isto é, este serviço igualmente de cariz solidário, pode ser usado como um “produto turístico”, sem fins lucrativos, unicamente para que os operadores turísticos locais disponham de mais um motivo de atração e um recurso de visitação do território.
O facto de parte dos voos serem feitos com o avião caracterizado pela prestigiada pintora Graça Morais é também um fator diferenciador e um elemento de atração.
“Nós sempre tentamos manter uma forte ligação à comunidade local, as iniciativas que anualmente realizamos, como o Careto AirShow, criam fortes dinâmicas económicas na cidade e na região. Estamos ainda impossibilitados de avançar com esses eventos de referência, mas não quisermos ficar de braços cruzados”, argumenta Nuno Fernandes.
Esse espírito de apoio à comunidade levou a direção do ACB a decidir criar o que considera ser um “produto turístico de excelência”, sem fins lucrativos que não sejam a solidariedade, o fomento de novas dinâmicas no turismo, a diferenciação pela qualidade da oferta de visitação do território, o aumento da competitividade regional. “Acreditamos que este contributo vai, efetivamente, criar essa dinâmica”, afirma.
O ACB vai divulgar esta oferta pelos agentes turísticos do concelho, hotéis, restaurantes, empresas de animação turística, etc. acrescentando que também os residentes podem usufruir destes voos, sempre a baixo custo.
As marcações podem ser feitas através do telm. 936 968 410.

Follow by Email
Facebook
Facebook